O Amor... é Cego? - Lynsay Sands


"Ele não sabia o que havia feito para merecê-la, mas jurou fazer de tudo a seu alcance para vê-la sempre feliz."
Para começar devo dizer que sou simplesmente apaixonada por livro onde o mocinho é feio. Bem, eu não dava nada por esse livro, a sinopse não me chamou a atenção, mas ai estava eu um dia sem fazer nada e sem nenhum livro para ler. Então decidi ler esse, apenas para passar o tempo e qual não é a minha surpresa quando descubro um tesouro desses. A Lynsay Sands soube colocar em um livro tudo... Principalmente a insegurança das mulheres, e também a dos homens... rsrs

SINOPSE:  
Inglaterra,1720                                                                                                                                   Adrian Montfort, o conde de Mowbray, sabia que a bela e estabanada lady Clarissa Crambray podia ser perigosa. Ela era, na verdade, um desafio. Mas era exatamente o desafio que ele precisava... Clarissa sempre desejou encontrar um noivo, mas sua madrasta queria mais ainda que a enteada encontrasse alguém disposto a se casar com ela. Clarissa concordava que os óculos escondiam a beleza de seu rosto, mas se ela seguisse o conselho da madrasta e não os usasse, como iria enxergar? Já causara confusão suficiente para merecer um apelido infame nos círculos sociais, em função de sua deficiência visual. Todos os possíveis pretendentes pareciam sair correndo... Até que de repente apareceu um cavalheiro disposto a dançar com ela. Um homem elegante, atraente, misterioso... E Clarissa se vê a tropeçar... no amor!

Livro muito bom e extremamente divertido. Me fez chorar várias vezes (de tando rir kkkkkk)Começa com a mocinha Clarissa botando fogo na peruca de um pretendente. Ela é cega como um morcego e a madrasta dela não a deixa usar óculos. Adrian está voltando a frequentar a sociedade, depois de um tempo recluso, por causa de um ferimento de guerra que o deixou com uma cicatriz e se interessa por Clarissa desde o primeiro momento.
A madrasta é contra o envolvimento dos dois e faz de tudo para deixá-los separados, e é muito fofo ver o Adrian fazer de tudo para conseguir encontrar a Clarissa. O Adrian morre de medo da Clarissa enxergá-lo com a cicatriz, então tenta a todo custo evitar que ela use óculos, e isso acaba colocando a Clarissa em uma série de perigos, porque paralelo ao envolvimento dos dois, começam a acontecer muitos acidentes com a Clarissa que não têm relação com a dificuldade dela de enxergar, porém o fato dela não usar óculos a deixa muito mais vulnerável.
Clarissa logo consegue um par de óculos novos, mas devido a um comentário da sogra, acredita que Adrian não gostará mais dela se ela usar óculos. Então vira aquele jogo de gato e rato: ele não querendo que ela use óculos e ela não querendo que ele saiba que ela está usando óculos.
No fim eles acabam descobrindo quem está tentando matar a Clarissa e depois de tudo esclarecido, a Clarissa finalmente tem coragem de se mostrar usando óculos na frente do Adrian. No começo ele acha que ela se casou com ele por pena, mas logo tudo é esclarecido.
Livro muito lindo, adorei o casal, além dos coadjuvantes, principalmente o primo Reginald e como no final, ele demonstrou estar interessado em uma mulher, imaginei se teria sido publicado um livro dele, mas aparentemente não.
Tem várias cenas hot e é muito engraçado a madrasta tentando explicar para a Clarissa o que ela deve esperar em sua noite de núpcias.  SUPER RECOMENDO!!

Nara Lins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião é muito importante para mim.