"INTELECTUAIS E FILÓSOFOS"



Provavelmente você já encontrou na vida alguém que te fez pensar que és uma pessoa que possui pouca inteligência ou nenhuma. Não? Eu já. Inúmeras vezes. E sabe o que percebi? Muitas delas sabem bem menos que aparentam saber. Por que fazem isso? Não sei ao certo, talvez uma maneira de levantar muros e formatar sua defesa ou pura arrogância mesmo.

Um exemplo disso é quando do surgimento do filme Matrix há alguns anos. Ouvi muitos desses “intelectuais e filósofos”  -formados na periferia-  falarem que o filme é muito interessante, é pura filosofia, e que não entendeu é porque não consegue ver o mundo da maneira que ele é. Caramba! Eu me sentia uma ignorante de marca maior, sentia vergonha de perguntar sobre o filme e seguia apenas balançando a cabeça igual lagartixa, concordando com tudo e outras vezes, mudando de assunto, porém sem deixar de perceber o olhar de vitória do tal intelectual em saber com certeza que eu não havia entendido patavinas do filme. 

Daí um dia cansei de ser “burra” e humildemente perguntei: Qual a corrente de filosofia que o filme segue, que aponta? Eu juro que não entendi. Sou burra!   E pasme, a resposta foi a mais esclarecedora possível, digna do “estudante de comunicação” da Escolinha do Professor Raimundo Sr. Patropi. Era um tal de “er... é filosofia... é a máquina...er...porque o personagem... lembra que ele é o escolhido? O Neo... entende?”  NÃO!!! Eu não entendo! Ou seja, essas pessoas ouviram em algum lugar uma comparação com alguma corrente filosófica, mas não sabem explicar como ou o que é. É o velho dito popular “ouviu o galo cantar, mas não sabe onde”. Passei a entender que essas pessoas não passam de embusteiras. Fingem que são ou que sabem o que não são tampouco sabem. São tão ou mais inseguras quanto eu com uma diferença, não uso de tais artifícios para tentar ser ou parecer superior a ninguém.

Não sou mais inteligente que ninguém ou alguém é mais que eu. O que há é que somos inteligentes ou como queiram dizer, sabemos mais ou menos, em coisas diferentes. E que se algum dia você se sentiu assim em algum momento, sorria e diga sempre a verdade, que não entendeu e pergunte. Você irá se surpreender com a resposta ou a falta dela.

Assim como assumi há anos que sou completamente ignorante na matemática, física e química, assumi também que ao filme Matrix só assisti por conta do ator que é lindo, e por algumas cenas de ação. 

Fica a dica.

Edna Guedes

Um comentário:

  1. Oi Edna engraçado seu texto, mas eu sou fã de filosofia, veja bem fã rs e não entendida, mas se vc para pra pensar lembra muito "o mito da caverna" :)ou melhor o que possa significar , ou tem significado fica ao critério. (rindo muito) bjs

    Ass: uma possível parceira \o/
    http://mundoliterando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante para mim.